Janelas de Quarentena

ABASTEÇA COM IDEIAS!

Janelas de Quarentena com Taly Cohen

A falta de espaços e a aglomeração natural da metrópole geraram na artista a curiosidade de pesquisar sobre como as pessoas estavam encarando a vida durante a pandemia nas grandes cidades. De seu apartamento, o pedaço de céu que via, dentro da janela, era sinônimo de liberdade. Com isso, criou-se a série “Janelas de Quarentena”, que significa a reinvenção do espaço urbano em tempos de pandemia. As obras foram desenvolvidas em chassis de madeira com telas de polietileno e fitas de cetim. Cada obra que compõe a série representa uma janela com todos os significados que ela pode oferecer: esperança, perspectiva, um novo dia, um começo, uma saída. “Foram meses de cárcere sem aviso prévio, sempre com um inimigo invisível a espreita; o medo de respirar mais do que deveria se misturava com o receio de guardar a compra do supermercado na geladeira; o isolamento total do mundo exterior conviveu de mãos dadas com a certeza de que a reclusão, apesar de sufocar, era a única chance de sobrevivência. A sensação de estar imersa numa narrativa Kafkiana foi o ponto de partida da série ‘Janelas de Quarentena’, a minha manifestação artística diante da pandemia nas grandes cidades”, relata Taly Cohen sobre o seu processo criativo.

Não perca!

separador-1

Abasteça com Ideias!