Sobre o Pixel Show

Bem-vindo ao Pixel Show, maior Festival da América Latina de Criatividade, desde 2005, organizada pela Zupi. Este ano estamos completando 14 anos de história com muita inspiração, inovação, networking e negócios criativos realizados.

O Pixel Show São Paulo têm participação confirmada de artistas de renome nas áreas de ilustração, motion graphics, design gráfico, quadrinhos, 3D, artes visuais, graffiti, moda, arquitetura, design de produto, FX, make-up, cinema, games e muito mais. O evento inclui workshops, live painting, bandas, simuladores, exposições e feira de arte e tecnologia. Se você curte criação, design, arte e tudo o que isso envolve, não perca o maior evento criativo do país.

Em um circuito de palestras que apresenta cases, tendências e portfolios de renomados criativos brasileiros e internacionais, o Pixel Show tem como tema central: Tendências, Inspirações, Economia Criativa e a construção de nosso legado e discute temas atuais sobre a arte contemporânea e o mercado de trabalho, inspirando e motivando jovens e profissionais experientes.

O PS é uma das melhores fontes de oxigenação para os criativos do mundo. No evento, é possível conhecer novos métodos, processos criativos, experiências, histórias incríveis, bem como compartilhar ideias com os “Art Stars” e participantes de todos os cantos do Brasil, Uruguai, Chile, Argentina, Portugal etc. O que você está esperando?

Veja os clipes das edições anteriores do Pixel Show

Conheça nossos números (2005-2018)
0
ANOS DE VIDA
0
WORKSHOPS
0
PALESTRANTES
0
SHARPTALKS
0
LIVEPAINTINGS
0
REVISTAS ZUPI
0
PARTICIPANTES
0
XÍCARAS DE CAFÉ

Quem vem ao Pixel Show?

Todos que se interessam por criatividade, inovação, um futuro melhor para nosso país e mundo devem se inscrever no Pixel Show. Cada ano que passa o foco do evento fica mais nítido, o que nós criativos podemos fazer para solucionar os problemas que vivemos, o que podemos deixar de herança para nossos filhos e como podemos usar nossas diversidade em prol de um planeta mais disruptivo. O evento pensa e discute como as diversas áreas criativas como o design, o design gráfico, web, televisão, fotografia, editoração, propaganda, artes plásticas, cinema, ilustração, moda, música, VR, multimídia, arte de rua, identidade corporativa, 3D e outras manifestações podem deixar um legado.

Os palestrantes são cuidadosamente escolhidos pela equipe da Zupi e o conselho do festival, onde grandes profissionais e talentos do mercado criativo com certeza estarão presentes.

Independente do seu nível de experiência, seja você estudante, estagiário, diretor de empresa, colecionador de arte, inventor, curioso ou sonhador, o Festival Pixel Show amplia, a cada ano que passa, a perspectiva do que é discutido no evento, como inovação e tecnologia, cidades, o que o social pode fazer para mudar o mundo, arte, design, música, empreendedorismo, colecionismo e muito mais.

Além disso, colecionadores de arte, donos de editoras, agências de propaganda e estúdios de design visitam o evento procurando novos artistas, referências e novidades. Enquanto estudantes e profissionais vem ao evento para se inspirar, aprender, olhar e pensar no que podemos fazer para nos desenvolver como pessoas, país, mundo. Abasteça com ideias e descubra como deixar seu legado nesse mundo.

SAIBA MAIS SOBRE O EVENTO E SEU HISTÓRICO

ORGANIZADO ANUALMENTE PELA ZUPI, O PIXEL SHOW POSSUI UMA TRAJETÓRIA DE SUCESSO DESDE OUTUBRO DE 2005 CONTRIBUINDO PARA O CRESCIMENTO E A PROFISSIONALIZAÇÃO DO MERCADO CRIATIVO NO BRASIL.

O Pixel é a matéria-prima para inspirar o mercado criativo.

Formada a partir das mais variadas vertentes da economia criativa (arte, design, web, televisão, cinema, ilustração, propaganda, arte de rua, arquitetura, games, tecnologia, entre outras), a Conferência conta com 6 a 7 palestrantes por dia que apresentam durante um final de semana cases, experimentações, temas atuais e detalhes sobre o processo de criação de seus trabalhos e o raciocínio existente por trás dos mesmos, incentivando e inspirando o público com novas e criativas ideias em seu Auditório Principal (3000 lugares) e nas Salas temáticas (150 lugares). Junto com a Conferência Internacional ocorre a Feira de Arte e Criatividade. Aberta ao público e gratuita, ela conta com exposição de arte, performances especiais, painéis de interatividade, Sharp Talks (palestras curtas gratuitas), sessões de live-painting, arena musical (bandas/músicos), festival tattoo, Makers, publicações independentes, VR, simuladores e inúmeras outras atrações dos expositores.

Este é o local propício para geração de novos negócios e parcerias, (re)posicionamento de marca e relacionamento com um público conhecido como “early-adopter e trend-setter”, além de atingir o público de todo o país e também do exterior. Outra atividade são os workshops criativos da Zupi Academy, que contam com os mais variados segmentos como: diagramação, ilustração, aquarela, toy art, carimbo, quilling, kirigami, origami em tecido, estamparia, design de mobiliário, design thinking, graffiti, stencil, lambe-lambe, entre tantos outros, que geram a troca de experiência e o conhecimento através do “hands-on”.

A Zupi disponibiliza um espaço aberto e gratuito ao público durante o Pixel Show, com stands de escolas, cursos, fornecedores de serviços gráficos, impressora 3D, start ups de moda, empresas criativas, o tradicional painel de ilustração para intervenção de participantes e visitantes (lembre-se de trazer seu material como marcadores etc) do PS, bandas, Sharp Talks e muito mais. Tudo isso ocorre em paralelo às palestras do auditório principal e das salas temáticas. Lá, empresas e fornecedores se comunicam e interagem com consumidores criativos, deixando o público do PS a par de seus produtos e serviços. São empreendimentos de tecnologia, com equipamentos e softwares utilizados por artistas gráficos, além de produtos diferenciados, que prezam pelo design e pela funcionalidade, ou seja, há uma infinidade de produtos para você conhecer.

Além disso, são realizados diversos workshops para o público presente oferecido pela Zupi Academy (ingresso vendido separadamente). Pelo investimento de R$ 220 (R$ 160 lote antecipado), os participantes interagem com diferentes artistas e aprendem na prática um pouco mais sobre carimbo, colagem, ilustração, diagramação, estêncil, técnicas de graffiti e muito mais.

Lembrem-se: não esqueça de trazer um “verbinha” pra gastar na feira, garantimos que você vai querer levar um pouco de tudo!

* os horários das atividades podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Pixel Show SP 2017
The Plot Company – Joni Galvão (Storytelling – Brasil) , Oficina Tipográfica São Paulo – Claudio Rocha e Marcos Melo (Tipografia – Brasil), Cactus – Marcelo Pontes (Tec e Experiências – Brasil), Interbrand – Beto Almeida (Branding – Brasil), Stefan Sagmeister (Design Gráfico – Austria), 2veinte (Design e Animação – Argentina), Daniel Merlin Goodbrey (Comics – Inglaterra), O2 Filmes & Arvore (Realidade Virtual – Brasil), Salsa – Stink Films (Filmes – Brasil/Bélgica), Uno de Oliveira – GLOBO (VFX – Brasil), Pierre Kleinhouse (Ilustração – Israel), Sasha Unisex (Tattoo – Ucrânia), Perfect Fools – Michael Aneto (Publicidade – Holanda)

Pixel Show SP 2016
Rod Hunt (Ilustração – Inglaterra), Chu Doma (Instalações Artísticas – Argentina), Chance Glasco (Games & VR – USA), Barbatuques (music design – Brasil), David Polonsky (Animação e Ilustração – Israel), Daniel Bruson (Animação – Brasil), Spectral Motion (animatronics, make-up e próteses – USA), Haruo Kaneko (fotografia erótica – Brasil), Artificial Rome (plataformas digitais – Alemanha), VJ Spetto (mapping – Brasil), Gabriel Bá e Fábio Moon (Quadrinhos – Brasil), Studio Bleed (Design multidisciplinar – Austria), Hans Luijckx da IJSFONTEIN (gamification educacional – Holanda).

Pixel Show SP 2015
Light Farm Studios (Manipulação de Imagem – Brasil/Nova Zelândia), Birdo (Animação – Brasil), Bicicleta Sem Freio (Street Art e Ilustração – Brasil), Bijari (Cenografia e Mapping), Gad (Branding – Brasil), Alex Solis (Ilustração e Criatividade – USA), Ella Uzan (Fotografia de Moda – Israel), Media Monks (Web e Interatividade – Holanda), ALMAPBBDO (Publicidade – Brasil), Casa de Criadores (Moda – Brasil), Alberto Montt (Ilustração – Chile), UOL/Rodrigo Flores (Conteúdo – Brasil), Raphael Lacoste (Games – Canadá)

Pixel Show SP 2014
Mark Jenkins (Intervenção Urbana – USA),  Nychos (Street Art – Austria), 123 Klan (Graffiti e Ilustração – França),  Yossi Lemel (Design de Poster – Israel), Platige (Filmes e Animações – Polonia), Superludico (Ilustração Publicitária – Brasil), Rafael Silveira (Artes Plásticas – Brasil), Rafael Grampá (Quadrinhos – Brasil), QuesttoNó (Design de Produtos – Brasil), AntFOOD (Sound Design – Brasil/USA), Bossa Nova Films (Cinema e TV – Brasil), Super Heroes (Publicidade – Holanda)

Pixel Show SP 2013
Tipocali (Caligrafia – Brasil), Sergio Gordilho (publicidade – Brasil), Nawer (futurism graffiti – Polonia), McBess (ilustração – USA), MK12 (motion Graphics – USA), Technoimage (ilustração Publicitária – Brasil), Bárbara Veiga (fotografia – Brasil), Mauricio de Sousa (quadrinhos – Brasil), Eduardo Srur (intervenção urbana – Brasil), Moment Factory (mapping e cenografia – Canadá), Sam Van Doorn (design gráfico – Holanda), Sandro di Segni (efeitos especiais – Brasil)

Pixel Show SP 2012
João Montanaro (charge e tirinhas – Brasil), João Faissal (design gráfico – Brasil), AP303 (design gráfico – Brasil), Alex Hornest (graffiti – Brasil), 6B Estúdio (design gráfico – Brasil), Ashley Gilbertson (fotografia – Austrália), Denis Zilber (ilustração – Israel), Dev Harlan (mapping – EUA), Vallée Studio (motion graphics – Canadá), Amsterdam Worldwide (agência de propagandas – Holanda), Slawomir “ZBK” Czajkowski (graffiti – Polônia).

Pixel Show SP 2011
Jeremyville (Austrália – ilustração), Hellohikimori (França – motion), Mathias Verhasselt (França – Concept Art), Pianofuzz (Brasil – design gráfico), Marcelo Campos & convidados (Brasil – hq), Stephane Halleux (Bélgica – toy art), Vetor Zero (Brasil – produtora), Tatil Design (Brasil – design gráfico), Galeria Vermelho (Brasil – galeria), Gabriel Wickbold (Brasil – fotografia), Punga (Argentina – design e motion), Cesar Dacol Jr. (Brasil – cinema e games).

Pixel-Show Recife 2011
Cranio (Brasil – graffiti), Danilo Beyruth (Brasil – hq), Raul Teodoro (Brasil – design gráfico), Raul Luna (Brasil – multimídia), Aquiris (Brasil – games), Estúdio Alba (Brasil – design gráfico), Doubleleft (Brasil – web e interatividade), Multitouch Barcelona (Espanha – design de interação), Francisco Saboya (Brasil – economia criativa), AP303 Design Estúdio (Brasil – design e ilustração).

Pixel-Show POA 2011
Tinho (Brasil – graffiti), Danilo Beyruth (Brasil – hq), Flavio Samelo (Brasil – fotografia), Christian Montenegro (Argentina – ilustração), Aquiris (Brasil – games), Nitroglicerina (Brasil – motion), OEstudio (Brasil – moda), GAD’ (Brasil – design e arquitetura), doubleleft (Brasil – web e interatividade), Noz.Art (Brasil – galeria).

Pixel-Show SP 2010
Bobby Chiu & Kei Acedera (Canadá– concept art), Cisma (Brasil – filmes e animação), Dimitre (Brasil – arte e tecnologia), Indio San (Brasil – design gráfico), Felipe Bedoya (Colômbia – design e ilustração), Jason Manley (EUA – games), Luli Radfahrer (Brasil – novas mídias e tecnologia), Paulo Caruso (Brasil – charges e cartoon), Marcio Scavone (Brasil – fotografia), Florentijn Hofman (Holanda – intervenção urbana), Dan Goldman (EUA – ilustração digital e quadrinhos).

Pixel-Show POA 2010
Jorge Restrepo (Colômbia – design gráfico), Pulpo (Argentina – design de games), Combustion (Brasil – sound design), Rafael Grampá (Brasil – hq), Santa (Brasil – motion), Abduzeedo (Brasil – design), Diego Maia (Brasil – concept art e modelador 3D), Catarina Gushiken (Brasil – ilustração e estilista), Marcelo Ferla (Brasil – coordenador artístico e editorial), Xande Marten (Brasil – design editorial).

Pixel-Show SP 2009
Digital Domain (EUA- efeitos visuais), Molly Crabapple (EUA – ilustração), MUSA (Portugal – ilustração e design), Nelson Balaban (Brasil – ilustração e design), Rico Lins (Brasil – ilustração e design), Estúdio Árvore (Brasil – moda, design e ilustração), Cuco.CC (Brasil – games e webdesign), Santa (Brasil – motion), Sesper (Brasil – design), Diguinho (Brasil – tattoo).

Pixel-Show Salvador 2009
Flávio Samelo (Brasil – fotografia), Nitroglicerina (Brasil – motion design), Greg Tocchini (Brasil – hq), Guy Costa (Brasil – publicidade), Colletivo (Brasil – ilustração, design e web), Mooz (Brasil – ilustração e design).

Pixel-Show 2008
André Cypriano (Brasil – fotografia), Gringo (Brasil – web design), Molho (Brasil – design e animação), Tatoo (Brasil – graffiti), Mopa (Brasil – ilustração e design gráfico), Greg Tocchini (Brasil – hq), Ian Strawn (UK – ilustração), Visorama (Brasil – animação), Jun Nakao (Brasil – moda), Combustion (Brasil – sound design).

Pixel-Show 2007
Cássio Leitão (Brasil – design gráfico), Adriana e Guto Lins (Brasil – design gráfico), Flavio Samelo (Brasil – fotografia), Tinho (Brasil – graffiti), Beto Macedo (Brasil – design), Alexandre Ferreira (Brasil – design ), Abiuro (Brasil – design e ilustração), Nitrocorpz (Brasil – design), Oca Filmes (Brasil – animação, efeitos 3D), Seagulls Fly (Brasil – animação e web design), Alceu Baptistão (Brasil – produtora), Nó Design (Brasil – design), Luiz Alves, Mariana Hardy (Brasil – design), Luis Carone (Brasil – produtora), Dean Ivatchkovitch (Brasil – games).

Pixel-Show 2006
Guto Lacaz (Brasil – design gráfico), Kiko Farkas (Brasil – design gráfico), Alexandre Wollner (Brasil – design gráfico), Nina (Brasil – graffiti), Carlo Giovani (Brasil – motion), Glauco Diógenes (Brasil – design e ilustração_, Daniel Souza aka Portuga/Rapp Digital (Brasil – design), Platinum FMD (Brasil – concept art), Gustavo Piqueira/Rex Design (Brasil – design), Rodrigo Pimenta/MTV (Brasil – design), Alexandre Chalabi (Brasil – produtora), Estúdio Colletivo (Brasil – ilustração, design e web).

Pixel-Show 2005
Rafic Farah (Brasil – design), Ana Staling (Brasil – design gráfico), Guilherme Marconi (Brasil – design e ilustração), Lobo (Brasil – produtora), Rodrigo Teco (Grafikonstruct) (Brasil – design gráfico e webdesign), Marcelo de Moura (Brasil – animação)

Sharp Talks 2015
Giulia (Cicero), Livia Germano (GAD), Juliana (Vice), Cecilia (Banca Tatuí), José Carlos Lollo, Leslie Preddy (School librarian and makerpsaces expert USA), SEBRAE, Flavio Pripas (Cubo), mesa redonda de graffiti (com Cranio, Caio Ramires, Ricardo Tatto, Paulo Ito, Daniel), Marcello (Pixar), Fábio Hofinik, Júlia e Pati (Vírgula), Ane (Projeto Casa do Povo), Elaine Eiger, Sabrina Eras, Copag, Mari Moon, Rodrigo Bondioli (Tattoaria), mesa redonda de publicação independente (com Pipoca Press, Escape Zines, Banca Tatuí, Miolo Frito, Rodrigo Okuyama, Estudio Pum, Ugra, ZikZine, Alcateia), Daniel Bovolento, Filme Curtissimos, Catraca Livre, Ecolux, Sophia Longo, Projeto Arvores Caidas, Marcelo Pasqua, Daniel Bruson, On Stage Lab, Giovani Caramello, A Cena Vive, Ideal, NetShow.me, Tomer Ifrah, Carolina Vallenca, I Hate Flash, Alê Jordão, Studio DLUX, Raul Tabajara

Sharp Talks 2014
Adriana Cristina (Estúdio ABelha), Leo (TRE.CO), Luciano (“O Doutrinador”), Érico Hiller e Cadu Lemos (Mobgraphia), Mario (Catraca Livre), Tiago Reginato (Tipocali), Guilherme Kroll (Balão Editorial), Mundano, Sem Devillart (SVA NYC), Sérgio (Zica e os Camaleões), Catarina e Giovanna (Danone), Felipe (Give me a Hub), Bruna (Kickante), Adriana Pierin (move institute), Claudia Yamanaka (Harajuku street fashion grupo de Japan Street fashion), Gabriel (Galapagos), Johnny Brito – Escritorio Ivy Miranda (Portfolio Em busca do portfólio perfeito), Maíra Nassif (Editora Relicário), Marcelo Mesquita (Sala 12 – filme Cidade Cinza), Walkir (Dogzilla), Luciana Elaiuy e Carol Naine (Musiquice)

Live Painting 2017
Daniel Melim, Caligrapixo, Karen Fidelis, Metz, Dalata, Senk, Grecco

Live Painting 2016
Luna Lee, Lucas Lamenha, Muretz, Luiz83, Karina de Toledo, Felipe Primat, Mariana Riera

Live Painting 2015
Alex Solis, Diego Nuto, Lucas Lobo, Marcella Tamayo, Caio Ramires aka RMI, Paulo Ito, Treco, Daniel Rodrigo Marceli Millán, Cranio

Pixel Pocket SP 2018

Pixel Show SP 2017

01 ProAC
Patrocínio
02 3M
02 TNT Energy Drink
04 Leo Madeiras
Co-patrocínio
Meio&Mensagem
Realização
06 Zupi